Tag: DICAS

DICAS INFALÍVEIS PARA PASSAR NA ENTREVISTA DE EMPREGO

Em primeiro lugar, aconselhamos começar pelo mais básico. Que roupa você vai vestir? A decisão não é tão simples. Não vá pensando que é só pegar aquele jeans e aquela camiseta que você adora e tudo está resolvido. Quando falamos de empresas e processos de seleção, alguns cuidados simples podem fazer toda diferença. “O ideal é que o candidato se vista como se já trabalhasse na empresa”, diz ele. Ou seja, pesquise o chamado dress code da empresa conversando com pessoas que trabalham lá ou apenas observando isso (se puder dar uma passada lá por perto antes da entrevista). Na dúvida, a dica é usar roupas mais sociais. “É melhor errar para mais do que para menos. Além disso, se chegar de gravata e constatar que o ambiente não é dos mais formais, é só tirar a gravata, dobrar a manga da camisa, tirar o paletó”, recomenda João. “É mais fácil passar do social para o esporte do que o contrário. Para as mulheres, cuidado com cabelos e unhas também são essenciais.” MUITO CUIDADO COM A "FALA" A segunda dica é a de tomar muito cuidado com o que vai dizer e também com a forma que vai dizer na entrevista de primeiro empreo . Evite erros de português e gírias. “Fale apenas o necessário, sobre o que for perguntado”. Em processos seletivos em geral, o que mais pesa são os resultados obtidos pelos candidatos em experiências anteriores. Claro que, se você está procurando sua primeira oportunidade de trabalho, o recrutador já sabe que você não tem experiência profissional (muito menos resultados) para apresentar, mas não é por isso que você vai ficar mudo. “Você deve explorar seus resultados na escola/faculdade, participações em congressos, seminários, cursos de aperfeiçoamento, trabalhos desenvolvidos, como TCC e Monografias, e, principalmente, trabalhos voluntários, trabalho de férias, intercâmbios”, diz João. SEM MEDO! Outra dica é que muitas entrevistas que você já viveu. Para não correr o risco de ter um branco na hora, você pode deixar a memória preparada. Lembre, com antecedência, de situações em que você se sentiu desafiado, em que teve que resolver algum problema, por exemplo. É bem provável que alguma pergunta assim surja no bate-papo. Ah, sim, e não se importe com a simplicidade das tarefas que você vai relatar, isso já é esperado pelo entrevistador. “O que importa é a forma como você alcançou os resultados e não o resultado em si”. Isso porque, você tende a agir de maneira semelhante…